Senha forte, 6 pontos de atenção

Ao escolher uma senha de acesso para sites e serviços online, podem surgir algumas dúvidas, principalmente, com relação ao nível de segurança da senha utilizada. Afinal, a função da senha é deixar nossos dados pessoais protegidos quando estão armazenados na rede. É importante criar uma senha forte e que não seja óbvia, mas você sabe o que é preciso para que ela seja realmente forte? Se você  ainda é daqueles que usa “12345” ou “password” e acha que está seguro? Esqueça isso, segue algumas dicas importantes.

01. Apenas a senha é suficiente para manter você protegido na Internet? …Pode esquecer.

Apesar de senhas fortes serem boas, especialistas recomendam a autenticação em dois fatores para acessar serviços online. O recurso garante uma camada de segurança extra, porque, além da palavra-passe, é necessário inserir ainda um código enviado por e-mail, SMS ou ligação telefônica. O método pode ser usado em diversos serviços, como GmailFacebook e Instagram.

02. Minha senha é “forte”, não há problemas em repeti-la em diversos sites e serviços. 🙁 Não é verdade.

Como é difícil de memorizar várias senhas com grande nível de complexidade, muitas pessoas acabam repetindo o mesmo código em diferentes serviços. No entanto, esse é um erro que não deve ser cometido. Caso criminosos tenham acesso a uma palavra-passe, buscarão por outras contas do mesmo usuário na Internet. Se a senha encontrada não funcionar em outra opção, é bastante provável que eles mudem para uma vítima que facilite o trabalho.

03. Use senhas grandes, acima de 8 caracteres.

Quanto maior a senha, melhor, porque demanda mais tempo ou esforço para que seja crackeado. Mas também não é necessário que seja algo gigantesco. Alguns especialistas afirmam que entre oito e 12 caracteres já o suficiente, enquanto outros acreditam que 12 é o número mínimo para que um usuário possa se sentir seguro.

04. Preciso usar caracteres especiais? … Importante

Utilizar uma senha longa associada a diferentes tipos de caracteres dificulta o trabalho de hackers. De acordo com o site CSO, uma senha com 10 caracteres, usando letras maiúsculas e minúsculas, números e símbolos, como por exemplo “%ZBGbv]8g?”, pode levar 289.217 anos para ser descoberta em um computador e três em um botnet. Mas vale estar atento para não utilizar expressões simples. Além disso, tente usar a maior variedade possível de tipos de caracteres e procure fugir de padrões óbvios.

05. 12345 é a pior senha do mundo? Sim é, nunca mais use isso…

De acordo com um ranking de 2019 da empresa de cibersegurança NordPass, em um total de 500 milhões de senhas expostas em vazamentos, a combinação “12345” foi a campeã de uso. E a criatividade parece não ser o forte dos usuários, afinal, o segundo e o terceiro piores passwords são uma variação do primeiro: 123456 e 123456789. Além disso, entre as senhas que você não deve usar, também estão “password”, “test1”, “qwerty” e “iloveyou”.

06. Qual a média de senhas para um usuário comum?

Segundo o diretor de cibersegurança da Intel, Bruce Snell, o usuário médio costuma administrar 27 senhas diferentes. Claro que muitas delas são criadas no passado para acessar algum serviço temporário e acabam não sendo muito utilizadas ou mesmo esquecidas. Além disso, em média, 37% das pessoas esquecem ao menos uma senha por semana.

Por Adriano Giopato